Capacitação da Setur integra Plano Turístico de Desenvolvimento Sustentável

Plano Turístico de Desenvolvimento Sustentável é voltado às regiões turísticas do Pará, com formação para Condutor de Trilhas e Caminhadas em Marituba e Barcarena

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e de Biodiversidade do Pará (Ideflor-Bio), começou a nova fase do curso de Condutor Ambiental de Trilhas e Caminhadas, nos municípios de Marituba (Região Metropolitana de Belém) e Barcarena, no Nordeste.

Plano Turístico de Desenvolvimento Sustentável

Desde o dia 7 de junho que acontece a formação para Condutor de Trilhas e Caminhadas em Marituba e Barcarena. O curso vai até esta sexta-feira (18). O conteúdo é voltado a moradores de Unidades de Conservação e seu entorno.

Objetivo

Além disso, o objetivo da formação do Plano Turístico de Desenvolvimento Sustentável é levar conhecimento e proporcionar aos condutores locais qualificação profissional adequada. Isso tudo para que possam exercer atividade com mais segurança e consciência profissional. E que ainda possam garantir a integridade física dos visitantes e a prática do turismo sustentável.

Sobre isso, Evandro Neves Jr., coordenador de Planejamento das Políticas Públicas para o Turismo da Setur, afirma.

“Esta proposta de realizarmos o curso de Condutor Ambiental e Trilhas da Setur tem o compromisso de propiciar aos profissionais do segmento do turismo de natureza todo o apoio necessário para que continuem sendo nossos agentes multiplicadores da prática do turismo consciente e sustentável no Pará.”

Importância de qualificar os prestadores de serviços turísticos

Para André Dias, secretário de Turismo do Pará, existe a importância de qualificar os prestadores de serviços turísticos:

“Isso é algo que foi identificado no nosso Plano Turístico de Desenvolvimento Sustentável, feito nas regiões turísticas. Definimos, de acordo com o nosso Plano de Desenvolvimento Turístico Estadual, o turismo de natureza como segmento prioritário de trabalho, que é o nosso principal foco, é a nossa maior atratividade, por estarmos localizados 100% na Amazônia brasileira. Capacitar condutores para guiar turistas em áreas naturais, trilhas e caminhadas é uma oportunidade de gerar emprego e renda no setor, para que as pessoas estejam aptas a fazer esses passeios com segurança e conhecimento, e prestando serviços turísticos.”

Base de conhecimento

O curso de formação com treinamento foi criado em 2015 pela Setur. Ele promove aulas com teorias práticas, disciplinas voltadas a Unidades de Conservação, legislação ambiental básica e ecoturismo.

Além disso, as aulas contam com técnicas para traçar roteiros, condução de trilhas e aprender como agir em caso de acidentes com animais peçonhentos (cobras e aranhas, por exemplo).

Revis-Refúgio e Clube Cabano

Já em Marituba, as aulas práticas acontecem no Revis-Refúgio. E em Barcarena, no Clube Cabano, que conta com uma grande área de mata.

André Dias conclui:

“Nós estamos começando essa rodada de capacitação agora por Barcarena e Marituba. Fizemos no início do ano em Belém e tivemos uma pausa, por conta da pandemia, mas agora estamos retomando essa agenda e vamos seguir para outras cidades de diferentes regiões do Estado, com a expectativa de capacitar até o final do ano cerca de 500 pessoas, em diferentes cursos, que atendem ao turismo de natureza.”

*Foto: Divulgação