Comércio de Serra Negra volta a operar em horário estendido

Comércio de Serra Negra poderá fazer atendimento presencial com até 40% da ocupação total a partir desta sexta-feira (9); bebidas seguem em vigor até dia 15 de julho

A partir desta sexta-feira (9), a prefeitura de Serra Negra volta a estender a lotação e o horário de atendimento presencial e ao público nos comércios. Sendo assim, a economia local retoma aos poucos as perdas dos últimos tempos. De acordo com o decreto nº 5.256, os estabelecimentos estão autorizados a utilizar 40% da ocupação total. Mas desde que cada setor respeite os períodos de funcionamento pré-determinados pela administração municipal. As medidas seguem em vigor até dia 15 de julho, segundo a publicação.

Comércio de Serra Negra

Sendo assim, os estabelecimentos que oferecem serviços essenciais, como lojas de agropecuária, material de construção, material elétrico e hidráulico, pet shops, entre outros, podem operar com 40% da lotação, das 7h às 17h. Conforme a publicação, todos os comércios da estância deverão autorizar a entrada de apenas uma pessoa por família ou compra.

Segundo a determinação municipal, os comércios do setor alimentício, como bares, restaurantes, lanchonetes e pizzarias, podem operar com 40% da ocupação, com atendimento de segunda a domingo, até às 22h, respeitando o máximo de quatro pessoas por mesa. Por outro lado, o consumo de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos está permitido e o serviço de entregas delivery dos alimentos e bebidas pode ser realizado até às 23h.

Dois horários de funcionamento para o comércio de Serra Negra

Além disso, os comerciantes poderão optar entre dois horários de funcionamento. Sendo assim, eles podem escolher entre: 10h às 18h ou das 11h às 22h. Contudo, os estabelecimentos devem fixar em sua entrada uma placa com o horário de atendimento escolhido, seguindo as exigências estabelecidas no decreto.

A prefeitura afirma ainda que os comércios que não informarem o horário de funcionamento deverão atender ao público de segunda a domingo, das 11h às 22h.

Controle de filas de espera

Em relação ao controle de filas de espera, mesmo que aconteçam fora do estabelecimento, é de responsabilidade do proprietário do comércio. Assim como a fiscalização do uso de máscara facial. Já os focos de aglomeração e consumo de alimentos e bebidas nas filas estão proibidos.

40% de ocupação

Podem funcionar com 40% de ocupação, das 10h às 19h, os seguintes estabelecimentos:

  • Lojas;
  • comércio varejista;
  • floriculturas;
  • relojoarias;
  • lojas de conveniência;
  • galerias;
  • lojas de paisagismo e jardinagem;
  • joalherias;
  • lojas de roupas;
  • calçados, tecidos;
  • aviamentos;
  • confecções;
  • brinquedos;
  • suplementos;
  • cosméticos;
  • laticínios;
  • cafeterias;
  • sorveterias e similares.

Capacidade reduzida

Por outro lado, o atendimento presencial em supermercados, mercados, padarias, açougues, hortifrutigranjeiros e similares deve obedecer a capacidade reduzida de 40%, com funcionamento das 6h às 20h. No próximo domingo (11), esses comércios estão autorizados a funcionar até às 13h.

Oficinas

Já as oficinas mecânicas, autoelétricas e funilarias não poderão exceder à entrega do veículo para o conserto. Ou seja, está proibida a permanência de clientes nas dependências.

Transporte de turismo

Por fim, o decreto municipal nº 5.256 ainda proíbe a circulação e permanência de veículos de turismo, tais como vans, ônibus e micro-ônibus, durante o feriado prolongado, comemorado a partir desta sexta-feira (9). Apenas os transportes de passageiros com reserva de hospedagem em Serra Negra poderão circular. Segundo a publicação, a proibição segue vigente no sábado (10) e no domingo (11).

*Foto: Divulgação