Concurso TJ SP de 2017 é suspenso e novo edital atrasará

Por decisão, validade do concurso TJ SP de 2017 volta a valer, com salário de R$ 6,3 mil

Na última sexta-feira (12), foi publicado no Diário da Justiça o encerramento da validade do certame do TJ SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) de 2017. A decisão corresponde a um mandado de segurança impetrado por remanescentes do último concurso para 1ª e 4ª regionais administrativas. Sendo assim, o encerramento que seria dia 2 de fevereiro foi suspenso.

TJ SP de 2017 – suspensão da validade

O concurso TJ SP de 2017 teve ter a sua validade postergada até julho deste ano, com o objetivo de convocar mais aprovados. Originalmente, o prazo seria até 10 de dezembro de 2019. No entanto, as convocações foram paralisadas, por causa de contenção de gastos por parte do órgão.

Portanto, os candidatos entraram com mandado de segurança para que a validade fosse até dezembro de 2021. Porém, a presidência do TJ SP estendeu o prazo até dezembro de 2020. Além disso, o prazo também parou de contar entre 28 de maio a 31 de dezembro, em razão da pandemia de Covid-19. Portanto, é considerado ilegal o encerramento da validade em fevereiro. Consequentemente, conseguiram uma nova prorrogação até 18 de julho.

Como o tribunal não havia explicado o motivo de ter encerrado a validade em 2 de fevereiro, os remanescentes ingressaram com medida para que a decisão seja suspensa, até o julgamento da ação.

Como será o próximo certame

Assim como os demais concursos públicos, quando acabar a validade haverá novo concurso TJ SP para a carreira de escrevente. Os candidatos não devem desanimar e continuar estudando, pois a nova seleção está confirmada. Vale ressaltar que o tribunal conta com uma carência de nada menos do que 5.695 vagas em aberto para a carreira.  

A confirmação do novo certame veio por parte de Silvia Cruz de Mendonça, coordenadora do setor de concursos e nomeações do órgão. Ela ainda declarou ao portal JC Concursos que o certame já está em análise, mas não mencionou o número de cargos ou quando o edital será publicado.

Ensino médio

Para concorrer ao cargo é necessário ter ensino médio completo. Já a remuneração inicial será de R$ 6.301,71 , incluindo salário básico de R$ 4.981,71, auxílio alimentação de R$ 990 (R$ 45 por dia, considerando 22 dias) e auxílio-saúde de R$ 330. E poderá haver adicionais para os que possuírem formação superior, pós-graduação, mestrado ou doutorado.

Regiões administrativas

A primeira região administrativa compreende a capital e cidades de São Bernardo do Campo, Santo André, Osasco, Guarulhos, Mogi das Cruzes e Itapecerica da Serra. 

Já a quarta região administrativa inclui a sede, em Campinas, além das cidades de Jundiaí, Bragança Paulista, Mogi Mirim, Rio Claro, Limeira, Pirassununga, Piracicaba, São João da Boa Vista, Americana e Amparo.

Provas

Todas as seleções do órgão sempre costumam ter a Fundação Vunesp como a banca organizadora. As avaliações objetivas apresentam 100 questões de múltipla escolha, que abordam conteúdos de:

  • língua portuguesa;
  • direito penal, processual penal, processual civil, constitucional, administrativo;
  • normas da CGJ;
  • atualidades;
  • informática;
  • raciocínio lógico e
  • matemática.

Como segunda etapa, os candidatos convocados realizam teste prático que envolve digitação e formação de texto no Microsoft Word 2010.

Edital TJ SP de 2017

Em 2017,  foram oferecidos 590 postos nas 1ª e 4ª Regiões Administrativas Judiciárias, que ficam respectivamente na Grande São Paulo e Campinas.

*Foto: Divulgação