Cremern divulgará em breve edital para vagas de níveis médio e superior

Concurso Cremern (Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte) terá carreiras com remunerações iniciais de até R$ 8 mil

Um novo concurso Cremern (Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte) deverá ser feito em breve. Apesar da oferta de vagas ainda não terem sido reveladas, já é certo que o certame contará com oportunidades de ensino médio e nível superior. E salários iniciais de até R$ 8 mil.

Concurso Cremern – banca organizadora

Além disso, o concurso Cremern já possui banda organizadora definida. Neste caso a seleção ficará a cargo do Instituto Quadrix. Portanto, assim como outros concursos públicos que ainda não possuem edital divulgado, é bom já começar a se preparar melhor.

Mas com a banca escolhida, agora falta muito pouco para a divulgação do edital de abertura de inscrições. Pode ser que isso aconteça nos próximos dias.

Conheça os cargos

Para quem possui diploma do ensino médio, as oportunidades são para os seguintes cargos:

  • assistente administrativo;
  • agente fiscal.

Para ambas as vagas, o salário inicial é de R$ 2.950, além de benefícios.

Já para quem é graduado em nível superior, as oportunidades serão para:

  • controle interno;
  • médico fiscal.

Para estes cargos, a remuneração inicial para controle interno será de R$ 4.800, e R$ 8 mil para médico fiscal, além de benefícios.

Segundo informações divulgadas pela banca, a lotação dos cargos será nas cidades de Natal e Mossoró.

Atribuições do órgão

Conheça abaixo as atribuições gerais do órgão. São elas:

  • I- deliberar sobre inscrição e cancelamento de inscrição de médicos;
  • II- manter o registro dos médicos legalmente habilitados, com exercício no Estado;
  • III- fiscalizar o exercício da profissão médica e das pessoas jurídicas registradas ou cadastradas no Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte;
  • IV- conhecer, apreciar e decidir os assuntos atinentes à ética profissional, com observância do Código de Ética Médica e do Código de Processo Ético-Profissional aprovado pelo Conselho Federal de Medicina – CFM, impondo as penalidades que couberem;
  • V- elaborar um anteprojeto do seu Regimento Interno submetendo-o à aprovação do CFM;
  • VI- expedir Carteira Profissional médica de acordo com o Art. 9º e seu parágrafo de regulamento aprovado pelo Decreto nº 44.045, de 19 de julho de 1958;
  • VII- velar pela preservação da honra e da independência do Conselho e pelo livre exercício legal dos direitos dos médicos;
  • VIII- promover, por todos os meios ao seu alcance, o perfeito desempenho técnico, ético e moral da medicina, o prestígio e o bom conceito da profissão e dos que a exerçam;
  • IX- publicar relatórios anuais dos seus trabalhos e a relação dos profissionais registrados;
  • X- exercer os atos de jurisdição que por lei lhe sejam submetidos;
  • XI- representar ao CFM sobre providências necessárias ao seu funcionamento;
  • XII- baixar atos resolutórios, dando as normas que forem necessárias ao seu funcionamento;
  • XIII- eleger a Diretoria e a Comissão de Tomada de Contas;
  • XIV- criar Câmaras Técnicas ou Comissões, que serão coordenadas por conselheiro, podendo delas participar médicos não Conselheiros ou outros profissionais em situações específicas; e,
  • XV- deliberar sobre a contratação de pessoal, observadas as normas relativas ao concurso público e legislações pertinentes. 

*Foto: Divulgação/Google Maps