Crianças com síndrome de Down ganham ensaios fotográficos gratuitos

As grandes estrelas dos ensaios fotográficos de Joyce Fialho são crianças com síndrome de Down, entre oito meses e 5 anos de idade

Crianças com síndrome de Down se tornam protagonistas de ensaios fotográficos que emocionam a todos. Trata-se do projeto Downlicinhas (mistura de Down com delícias), idealizado e produzido pela fotógrafa carioca Joyce Fialho, em seu estúdio, na Barra da Tijuca. O projeto que começou como uma homenagem ao mês das crianças tem como objetivo promover uma maior inclusão social em relação aos pequenos e de suas famílias.

Em entrevista ao jornal O Globo, Joyce ressaltou:

“É uma forma de oferecer um ensaio para essas mães tão guerreiras que, com a correria do dia a dia, com todas as dificuldades que enfrentam ao cuidar destas crianças, às vezes acabam por ficar sem um registro mais elaborado dos filhos”.

Ensaios com crianças com síndrome de Down

Quatro crianças com síndrome de Down já posaram para as lentes de Joyce Fialho. A fotógrafa conta que a inspiração para o projeto Downlicinhas surgiu por ter um cunhado autista e também portador da síndrome.

Joyce publica o resultado dos ensaios por meio de sua conta no Instagram (@joycefialhofotografia), juntamente com outros trabalhos fotográficos que realiza desde 2014, como ensaios de recém-nascidos (newborn), chás de bebês e festas de aniversário.

Além disso, a profissional utiliza as legendas dos posts como um espaço para contar um pouco da trajetória de cada criança clicada.

Quem tiver interesse em se inscrever no projeto para ter seu filho/a fotografado pela Joyce, é justamente por esta rede social que pode entrar em contato ela.

Projeto Downlicinhas

O projeto Downlicinhas tem o intuito de fotografar crianças com síndrome de Down entre oito meses e 5 anos de idade. Apesar ter sido focado somente durante o mês de outubro, Joyce conta que não pretende interrompê-lo. A fotógrafa, que é mãe de Theo, de 3 anos, afirma que a maior beneficiada por esta iniciativa é ela mesma:

“Com essas crianças, a gente tem a cada momento uma lição de vida. Aprende a valorizar as pequenas coisas, assim como as mães dessas crianças valorizam cada conquista de seus filhos, seja o andar, o falar. Hoje, dou importância às coisas com mais intensidade. Eu me tornei uma profissional e uma pessoa melhor”.

Fonte: O Globo

*Foto: Divulgação / Joyce Fialho