Curta em realidade virtual brasileiro vence Primetime Emmy Awards

Curta em realidade virtual “A Linha” foi produzido pelo estúdio Arvore e é ambientado em uma maquete da cidade de São Paulo da década de 1940, e conta uma história de amor

O curta-metragem brasileiro em realidade virtual “A Linha” foi anunciado, nesta terça-feira (1º), como um dos vencedores da categoria de inovação em programação interativa do Primetime Emmy Awards. A premiação é a mais prestigiada da televisão americana.

Curta em realidade virtual brasileiro

O anúncio de hoje difere das tradicionais categorias do Emmy, que serão divulgadas em uma cerimônia no dia 20 de setembro. Sendo assim, o prêmio conquistado pelo curta em realidade virtual brasileiro foi definido por um júri de especialistas do setor de cultura audiovisual. Todavia, para a escolha foi avaliado a contribuição da obra em termos artísticos e também científicos.

Categoria de inovação tecnológica

Além disso, a categoria de inovação tecnológica integra um grupo que engloba os troféus de realização individual em animação, coreografia em programa roteirizado e design de movimento. Em todas elas, não há indicações formais, apenas uma lista de obras a serem consideradas pelo júri técnico.

Curta em realidade virtual tem produção do estúdio Arvore

O curta-metragem “A Linha” é produzido pelo estúdio Arvore e é ambientado em uma maquete da cidade de São Paulo na década de 1940, e conta uma história de amor entre os personagens Pedro e Rosa. Já a narração fica a cargo do ator Rodrigo Santoro.

Prêmio no Festival de Veneza 2019

Além disso, a produção brasileira já havia sido premiada no Festival de Veneza de 2019. Na ocasião, o curta-metragem recebeu o troféu de melhor experiência em realidade virtual.

*Foto: Divulgação