Grupo Instrumental do Capão
Cultura

Grupo Instrumental do Capão sai em turnê pelas cidades Irecê, Uibaí e Xique-Xique

Grupo Instrumental do Capão é formado por músicos brasileiros e estrangeiros moradores da Chapada Diamantina

Formado por músicos brasileiros e estrangeiros moradores da Chapada Diamantina, o Grupo Instrumental do Capão (GIC), conhecido por misturar jazz, erudito e popular, fará uma pequena turnê: “Uma Viagem Musical”. Entre os dias 03 e 08 de maio, o grupo passará pelas cidades de Irecê, Uibaí e Xique-Xique, onde farão três concertos musicais e nove oficinas de Composição, Improvisação e Arranjo; Percussão Corporal; e Linhas de Baixo e Groove em Métricas não usuais.

Grupo Instrumental do Capão – projeto

Entre 3 e 4 de maio, o projeto de cultura musical instrumental estará em Xique-Xique, com oficinas no Campus Ifbaiano e concerto na Praça da Orla. Já nos dias 5 e 6 de maio, o gripo passa por Uibaí, com a realização de oficinas e concerto no Grêmio Cultural a Voz do Povo. Por fim, nos dias 7 e 8 de maio “Uma Viagem Musical” estará em Irecê, com oficinas na Praça da Juventude e concerto na Praça da Juventude.

Duração

O concerto do Grupo Instrumental do Capão “Uma Viagem Musical” terá em torno de 80 minutos de duração, seguido de apresentação em conjunto com músicos locais convidados. A ideia é promover um intercâmbio de conhecimentos e experiências entre o grupo e os artistas locais. Com isso, atrairá um público que não possui o costume de escutar música instrumental. O concerto integra as tradições e música popular locais com a música erudita e experimental, inserindo a música instrumental em um contexto diferente e também valorizando as tradições musicais locais.

Oficinas

A oficina Coletiva de Composição, Improvisação e Arranjo ofertará 10 vagas para músicos interessados em compartilhar técnicas e estratégias de composição, arranjo e improvisação coletiva. Para isso, utilizarão material do repertório do Grupo Instrumental do Capão e/o materiais originais dos participantes. Já a oficina de Percussão Corporal pretende envolver músicos e público em um percurso de formação, cocriação e apreciação musical instrumental que seja uma vivência musical integral. Para esta oficina, terá 20 vagas. E a oficina de Linhas de Baixo e Groove em Métricas não usuais tem por objetivo uma vivência de capacitação musical, especificamente, no universo das métricas não usuais, como compassos compostos e/ou aditivos, para 10 pessoas em cada cidade.

História do Grupo Instrumental do Capão

O Grupo Instrumental do Capão nasceu há 10 anos da reunião de músicos brasileiros e estrangeiros (Itália), internacionalmente experientes, residentes do Vale do Capão, na Chapada Diamantina. Sua música possui como base o jazz, o erudito misturado ao popular, o progressivo misturado à psicodelia, com uma pesquisa de ritmos nacionais e estrangeiros, e atmosferas étnicas. Além disso, o trabalho que o grupo desenvolve é feito de composições autorais, improvisações, uso de timbres de instrumentos folclóricos, pesquisa de arranjos e composições coletivas.

Serviço

Xique-Xique
03/05 – Oficinas – Campus do Ifabaiano
04/05 – Concerto – Orla de Xique-xique

Uibaí
05/05 – Oficinas – Grêmio Cultural a Voz do Povo
06/05 – Concerto – Grêmio Cultural a Voz do Povo

Irecê
07/05 – Oficinas – Praça da Juventude
08/05 – Concerto – Praça da Juventude

*Foto: Divulgação

Postagens relacionadas

Fiesp exibe mostra de gravuras de art noveau do artista Alfons Mucha

Município Assessoria

Cotidiano dita a 12ª Bienal de Arquitetura de São Paulo

Município Assessoria

Prêmio APCA 2020: Caetano e Emicida estão entre os indicados

Município Assessoria

Lei Aldir Blanc: RJ publica calendário de pagamentos

Município Assessoria

Conheça os homenageados do Festival de Gramado 2020

Município Assessoria

Mostra Fotográfica Jaeci Emerenciano 2021: confira Seleção Pública

Município Assessoria