Litoral do Paraná recebe aporte de mais de R$ 50 milhões

Recursos foram investidos em obras de infraestrutura nas regiões de Matinhos e Pontal do Paraná, pertencentes ao Litoral do Paraná

O Litoral do Paraná recebeu um total de R$ 50 milhões em investimentos destinados a melhorias das praias e de outros municípios. Entre as obras que foram realizadas, estão as de saneamento na região de Matinhos. As obras foram entreguem no dia 10 de agosto em uma cerimônia com participação do governador do estado, Ratinho Júnior.

Litoral do Paraná – distribuição dos investimentos

Desse montante para melhorias no Litoral do Paraná, R$ 4,25 milhões foram investidos em obras de revitalização na Praia Central de Guaratuba e na Praia Mansa de Caiobá. Já outros R$ 3,3 milhões irão possibilitar intervenções na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDU), que focará em cinco municípios paranaenses.

De acordo com o governador, em declaração ao site Banda B:

“Este investimento está dentro de um projeto de desenvolvimento para o Litoral. A região ficou por muito tempo esquecida. A ideia agora é agir com velocidade para recuperar esse tempo que foi perdido”.

Ele completa dizendo que também querem atrair mais empreendimentos imobiliários para a região e, consequentemente, mais empregos serão gerados, além de mais turistas visitarem a região.

SEDU

O dinheiro vindo da SEDU diz respeito a seis editais de licitações, que incluem recursos do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM), linha de crédito em parceria com a Fomento Paraná e o Paranacidade, e transferências voluntárias. Com isso, as cidades de Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes e Pontal do Paraná serão beneficiadas, afirma Ratinho Júnior.

A maior fatia desses investimentos da secretaria estadual será destinada ao município de Antonina, mais precisamente de R$ 1,6 milhão, em obras de pavimentação, sinalização e urbanismo. Já o restante da verba será dividido entre Guaratuba (R$ 842 mil), Morretes (R$ 380 mil) e Pontal do Paraná (R$ 425 mil), também para asfaltar as ruas.

Segundo João Carlos Ortega, secretário do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, a atual gestão tem olhado mais para as questões do Litoral do Paraná. Ele ainda solicitou aos prefeitos que mostrem mais projetos executivos ao governo para isso possibilite a expansão de mais obras de estrutura.

Praias do Litoral do Paraná

Já as obras de revitalização das praias do Litoral do Paraná visam a construção de um paredão em forma de cais, que atua como um quebra-mar, situado na região de Caiobá, na Praia Mansa. A intervenção custou R$ 600 mil. Para o prefeito de Matinhos, Ruy Hauer, essas obras modificam a cara da cidade de Matinhos, que é considerada “a segunda casa dos paranaenses”, ressalta.

Em Guaratuba, a obra se refere ao calçadão da Praia Central, bastante castigada pelas atuais ressacas do mar. O investimento foi de R$ 3,6 milhões e deve ser entregue antes do próximo verão. Essas intervenções têm por objetivo resolverem problemas que já haviam sido relatos, segundo o governador.

Saneamento

Em relação às obras de saneamento, o pacote da Sanepar contemplou três cidades, num total de R$ 50 milhões. No dia 10 de agosto foi inaugurado a expansão da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Solimar, em Matinhos. Com isso, sua capacidade foi quase dobrada, de 210 litros para 402 litros por segundo. O investimento foi de R$ 22 milhões.

Já em Pontal do Paraná, o valor de R$ 23,6 milhões visou a obra de readequação da ETE Ipanema que agora possui capacidade de 345 litros por segundo, contra 140 litros antes da intervenção. Ratinho Junior ainda frisa que essas ações da Sanepar provam que o Litoral do Paraná é o mais limpo do país em relação ao seu saneamento.

Além disso, Pontal agora conta com mais dois reservatórios: Balneário Atami (um milhão de litros) e Balneário de Canoas (dois milhões de litros) ao custo total de R$ 2,9 milhões. A empresa de saneamento ainda realizou a recuperação da estrutura do Reservatório Central Brejatuba (três milhões de litros), com investimento de R$ 1 milhão. Nas palavras o presidente da companhia, Claudio Stabille:

“Com essas obras a Sanepar traz saúde para o Litoral e evita que o Estado gaste com doença”.

Somando as obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário do Litoral do Paraná já entregues, que foram iniciadas em 2016, o estado investiu um total de R$ 252 milhões.

Índice de balneabilidade

As obras realizadas no Litoral do Paraná transformou a região no melhor índice de balneabilidade do território nacional. No período anterior às obras, esta taxa era de 52%. Já em 2017, subiu para 64% e no ano seguinte para 80,8%. O índice atual é de 81,5%.

Somente nas regiões que abrangem os municípios de Matinhos e Pontal do Paraná houve implantação de mais de 500 km de rede coletora, além da construção de 29 estações elevatórias de esgoto.

Fonte: site Banda B

*Foto: Divulgação / AEN