Lockdown no ABC paulista depende de decisão de governo de SP

A princípio, apenas Gabriel Maranhão (Cidadania), prefeito de Rio Grande da Serra, é a favor do lockdown no ABC

O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC aguarda decisão do governador de São Paulo, João Doria, pela adoção de lockdown no estado. O assunto foi tema da assembleia extraordinária realizada na segunda-feira (18), via videoconferência.

A entidade representa sete prefeituras do ABC Paulista, formado pelos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Vale lembrar que na ocasião da medida de rodízio de 24 horas em dias alternados, conforme a placa par ou ímpar, adotada na capital paulista, o Consórcio do Grande ABC rejeitou o rodízio na região.

Até o momento, apenas Gabriel Maranhão (Cidadania), prefeito de Rio Grande da Serra, é a favor do lockdown no ABC. Ele ainda afirmou ao G1:

 “Não tem como o ABC tomar essa medida isoladamente porque somos muito ligados à capital e outros municípios. Se isso ocorrer, será necessária a atuação da Polícia Militar e suporte do governo para fiscalização.”

Casos confirmados no ABC paulista

Na segunda-feira houve uma atualização de casos confirmados de Covid-19, que acarretou em um aumento de 900 em comparação à semana anterior, no Grande ABC. O número de óbitos, decorrentes da doença nesta região é de 382 pessoas. Aproximadamente 80% dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) destinados ao tratamento do novo coronavírus estão ocupados na região.

Lockdown no estado paulista

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), admite que a possibilidade de endurecer o período de isolamento social com medidas de lockdown é analisada todos os dias pelo comitê de saúde do estado. Porém, ele afirma que a estratégia ainda não será aplicada neste atual momento.

Na ocasião, Doria afirmou que enviaria à Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) um projeto de lei para antecipação do feriado estadual do dia 9 de julho (Dia da Revolução Constitucionalista) já para a próxima segunda-feira (25).

A criação de um feriado prolongado, que começou na quarta-feira (20), registrou zero km de trânsito, conforme notícia do G1. A ideia é uma tentativa melhorar a taxa de isolamento social do estado, enquanto um possível lockdown é estudado pelo governo.

Fonte: G1

*Foto: Divulgação