Prêmio SP de Literatura divulga lista com finalistas

Milton Hatoum e Patrícia Melo estão entre finalistas do Prêmio SP de Literatura

O prêmio São Paulo de Literatura divulgou na terça-feira (1º) os dez finalistas de suas duas categorias: melhor romance de ficção e melhor romance de ficção de estreia.

Contudo, o vencedor de cada categoria dedicada à cultura de livros será anunciado em março e será contemplado com um prêmio de R$ 200 mil.

Apesar do ano de pandemia, em razão do novo coronavírus, livrarias espalhadas pelo país conseguiram sobreviver à crise, como na cidade de Belo Horizonte. Assim, como outras premiações do mercado livreiro que ocorreram em formato online.

Prêmio SP de Literatura

Na categoria melhor romance de ficção há sete obras do Grupo Companhia das Letras, lançadas em 2019. Entre as quais, os novos títulos de Adriana Lisboa, Maria Valéria Rezende e Paulo Scott. Os três também foram finalistas no último Prêmio Jabuti. Além deles, o grupo editorial empacou os trabalhos de: Javier Contreras, Julián Fuks, João Anzanello Carrascoza e Milton Hatoum.

Sendo assim, completam a lista o romance “O Corpo Interminável”, de Claudia Lage, “Mulheres Empilhadas”, de Patricia Melo, e “A Morte e o Meteoro”, de Joca Reiners Terron.

Em relação aos autores estreantes do Prêmio SP de Literatura, a lista de editoras é mais variada. Porém, a Companhia das Letras aparece novamente, com os escritores Miguel del Castillo e Natalia Borges Polesso. Todavia, se repete duas vezes também a 7 Letras, com os títulos de Carol Rodrigues e José Rezende Jr.

A seguir, veja a lista das duas categorias.

Melhor Romance de Ficção de 2019

  • Adriana Lisboa, ‘Todos os Santos’ (Alfaguara);
  • Claudia Lage, ‘O Corpo Interminável’ (Record);
  • Javier Contreras, ‘Crocodilo’ (Companhia das Letras);
  • João Anzanello Carrascoza, ‘Elegia do Irmão’ (Alfaguara);
  • Joca Reiners Terron, ‘A Morte e o Meteoro’ (Todavia);
  • Julián Fuks, ‘A Ocupação’ (Companhia das Letras);
  • Maria Valéria Rezende, ‘Carta à Rainha Louca’ (Alfaguara);
  • Milton Hatoum, ‘Pontos de Fuga’ (Companhia das Letras);
  • Patrícia Melo, ‘Mulheres Empilhadas’ (Casa dos Mundos);
  • Paulo Scott, ‘Marrom e Amarelo’ (Alfaguara).

Melhor Romance de Ficção de Estreia do ano de 2019

  • Carol Rodrigues, ‘O Melindre nos Dentes da Besta’ (7Letras);
  • Davi Boaventura, ‘Mônica Vai Jantar’ (Dublinense);
  • Felipe Holloway, ‘O Legado de Nossa Miséria’ (Record);
  • Gabriela Aguerre, ‘O Quarto Branco’ (Todavia);
  • José Rezende Jr., ‘A Cidade Inexistente’ (7Letras);
  • Lucila Losito Mantovani, ‘Com o Corpo Inteiro’ (Pólen Livros);
  • Marcelo Labes, ‘Paraízo-Paraguay’ (Caiaponte);
  • Miguel del Castillo, ‘Cancún’ (Companhia das Letras);
  • Natalia Borges Polesso, ‘Controle’ (Companhia das Letras);
  • Ricardo da Costa Aguiar, ‘Das Terras Bárbaras’ (Alaúde).

*Foto: Divulgação